Os segredos britânicos para prosperar mesmo na crise

O varejo do Reino Unido enfrenta uma crise na expansão do comércio eletrônico e na intensa concorrência que tem levado ao fechamento de lojas e corte de empregos.

Com rivais online que têm crescido cada vez mais rápido, as redes tradicionais já se encontravam em dificuldade antes do cenário da desvalorização da libra.

Ainda sim, existem algumas exceções e executivos têm explicado como alguns varejistas conseguiram prosperar no Reino Unido durante essa fase:

Um exemplo de varejista que continuou prosperando em tempos difíceis do mercado foi a Next, marca de lojas físicas que fez uma transição de sucesso para o comércio eletrônico.

Simon Wolfson, o CEO, destacou medidas como a abertura de lojas combinadas e a venda de marcas de terceiros como um dos motivos pelos quais o sucesso da marca foi responsabilizado.

Além disso, a Next tem um plano de 15 anos para reduzir aluguéis e o número de lojas de forma gradual para gerar lucro, ao invés de recorrer a medidas drásticas.

Tomando como exemplo essa experiência, é entendido que as mudanças no varejo devem acontecer de maneira gradual, sempre obedecendo o tempo do mercado.

É importante que se observe o cenário atual do varejo e as exigências do mercado para o sucesso de seu negócio.

Visite nossa loja:

Ebook/Livro: Crise para Alguns, Solução para Outros – Faça a Sua Escolha

Deixe uma resposta