É melhor apostar no varejo para faturar

Comércio de roupas, alimentos e material de construção são as atividades mais exploradas por micro e pequenas empresas.

O país vem mudando certos hábitos, e isso já é visível para quase todo mundo, o que antes era uma nação de funcionários e trabalhadores tornou-se sem dúvida uma das maiores forças empreendedoras do mundo.

São mais de 20 milhões de negócios em atividade no Brasil, desse total, um pouco mais de 10 milhões são micro e pequenas empresas. Em números percentuais, as micro e pequenas empresas equivalem a 51,6% de todas as empresas ativas no país.

Varios fatores contribuiram para que isso acontecesse, entre eles está o acesso a informação, facilidade de do mercado, a necessidade dos desempregados e a mudança cultural em nosso país.

Interessante notar que o varejo está à frente de outros setores e são áreas que oferecem bens necessários e que todas as pessoas têm afinidade, vestuário, alimentação e construção”.

O panorama é o seguinte: No primeiro lugar está o comércio de roupas e acessórios, em segundo lugar minimercados, mercearias e armazéns, no terceiro e quarto lugares vemos restaurantes e lanchonetes e em quinto material de construção.

Vamos investir no varejo?

Deixe uma resposta