As 4 perguntas sobre liderança que tiram o sono dos donos de lojas

Há alguns anos no varejo sempre vejo que algumas dúvidas ameaçam os empreendedores varejista e voltam a pegar no pé deles dentro das lojas. Pensando nisso, reuni aqui neste artigo 4 perguntas e respostas sobre liderança para você eliminar ou exterminar esta saga que tira seu sono no dia a dia…

1ª Como lidar comestas tão temidas Gerações Y, Z?

No varejo eles “bombam” de tal o nível de quantidade, afinal é o melhor espaço para o primeiro emprego.
Talvez ai uma ótima oportunidade para aumentar o nível de relação com eles é dar mais espaço as perguntas e ser totalmente transparente e útil com todos. Eles adoram lideres que são claros, a ponto de ser transparente com as questões estratégicas.

Mas talvez a questão, no fundo,no fundo, não é como lidar com esta geração, mas como criar um ambiente de trabalho onde eles serão mais produtivos. Um ambiente eles se sintam tratados de forma justa.
Se observamos diversos varejistas, amigos e clientes de nossa equipe, deparamos com uma incógnita da forma de cobrar deste tipo de equipe, pedir para vestir a camisa e uma velocidade a que o varejo necessita… E isso pode levar o “caos” se o lider não souber conduzir.

Então para aceitar trabalhar com esta geração, você varejista precisa saber e ter de forma clara:
a) Qual empresa quer ter?
b) Quais pessoas você precisa para atingir seu sucesso?
c) Qual ambiente você tem para isso?
d) Quanto mais você conseguir se colocar na posição de servir os outros, mais a questão da geração fica irrelevante.

2ª Como motivar minha equipe para crescer a empresa ?

Olha, não há nada melhor do que criar um time unido no varejo e, para que isso aconteça, a primeira coisa a se fazer é levar a extinção uma visão de “empresa X funcionários”. O líder precisa se colocar no mesmo patamar de sua equipe, ouvi-los com atenção e fazer com que eles entendam que o papel de cada um, desde o faxineiro até o gerente da loja, faz toda a diferença na empresa. Afinal, isso é imprescindível para qualquer “craque” que deseja engajar seu time.

3ª Como contratar e reter talentos?

Talvez o maior dos maiores desafios no varejo brasileiro, diferente de outros lugares do mundo, as pessoas gostam de estabilidade, elas querem representar uma marca que faça sentindo para elas. Mas uma saída para reter talentos em sua loja, seja ela grande ou pequena, é alimentar uma história e vender seu sonho a todos participantes deste projeto. A partir deste contexto, você vai contratar pessoas que vão te ajudar a construir esse sonho, pedaço por pedaço. Afinal paixão, ou o tesão, é algo muito contagiante, e deve sempre estar atrelado na visão da empresa.

Agora entenda que isso não pode ser apenas um mero discurso. Discursos têm prazo de validade de uma semana. O que você prega tem que ser de verdade. A questão é muito mais olhar para a sua empresa e identificar quem daria certo trabalhando para você. Para ajudar com isso, pergunte a si mesmo: por que é eles devem trabalhar para você?

Agora, em relação a reter talentos, a dinâmica e ambiente de trabalho ajudam. Mas quando observamos quando as pessoas “sentem” que estão aprendendo de forma rápida e dinâmica, elas tendem a permanecer mais tempo na empresa.

4ª. Qual a forma fascinante de dar e receber feedbacks?

Primeiro tem que eliminar esta visão de que feedback só serve para correção. Sua equipe deve compreender que essa avaliação serve para ajudar a pessoa a se desenvolver melhor no ambiente em que ela atua – e isso significa receber tanto elogios quanto correções. Quando isso fica mais claro para os funcionários e que você quer o bem, fica muito mais fácil escutar.

Quando a história é dar feedback para seu líder, proprietário ou dono da loja, as pessoas possuem muito mais medo. E uma das maneiras de acabar com esse problema é a anonimidade na hora da avaliação. Veja o que a Google conseguiu com uma saída simples: os gestores não têm permissão para demitir uma pessoa sem antes consultarem o setor de RH e apresentarem razões para que o desligamento ocorra. Isso faz com que as pessoas se sintam mais confortáveis com a ideia de dar feedback, já que elas têm certeza que não serão prejudicadas por seus superiores

Espero que isso te ajude a responder as perguntas que muitas vezes encontramos em lojas e que vem tirando o sono do varejista nacional.
Se encontrar dúvidas , contribua com a nossa equipe compartilhando ou escrevendo seus comentários abaixo


O varejo precisa de pessoas como você!!!

Deixe uma resposta