O que o cliente de farmácia deseja encontrar?

O instituto POPAI Brasil foi responsável por desenvolver uma interessante pesquisa chamada de “O comportamento do consumidor em farmácias e drogarias”.

A pesquisa consistia basicamente em colher dados de pessoas que adentravam as farmácias e compreender quais eram suas principais demandas, entre outros fatores que ajudam a analisar e compreender melhor quais são as expectativas do cliente.

Embora a farmácia dos dias atuais não seja apenas o local onde você encontra os medicamentos receitados pelo médico, há uma infinidade de produtos pelos quais o empresário pode optar por colocar à disposição.

São cosméticos, suplementos alimentares para adultos e crianças, produtos ortopédicos e muitos outros.

Ao analisar as demandas de clientes de mais de 115 farmácias da cidade de São Paulo, a pesquisa indica quais são os principais itens que os clientes procuram nas farmácias, o que é fundamental para a tomada de decisão do empresário a respeito do tipo de produto que deve ser ofertado em sua farmácia e quais são aqueles que devem ser eliminados.

Durante a pesquisa, a principal estratégia era abordar os consumidores no momento em que adentravam a farmácia e questionar sobre que tipo de produto procuravam na farmácia. O resultado foi que 58% dos consumidores buscavam medicamentos, 21% procuravam produtos de higiene pessoal, 7% esperavam encontrar itens de primeiros socorros e telefonia e 2% procuravam bebidas.

Embora não seja um resultado que cause espanto, é interessante analisar o fato de que quase metade das pessoas que adentram uma farmácia não o fazem à procura de um medicamento. A busca pelos demais produtos se dá por diversos fatores, especialmente a praticidade no que diz respeito à localização da farmácia, à expectativa de comprar por um valor mais baixo e por encontrar mais variedades do que se encontraria em outros estabelecimentos que não são especializados em cosméticos.

Deixe uma resposta