O potencial dos supermercados para food service

Em pesquisa realizada pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) em 2017, 38% dos respondentes consideram não possuir tempo para cozinhar em casa.

Aproximadamente em 2014, as vendas de serviços como restaurantes superaram as vendas de supermercados e mercearias americanos e essa curva continua ascendente até os dias de hoje.

No Brasil percebe-se o potencial, porém as redes supermercadistas apostaram em ações tímidas, não conseguindo se reinventar o suficiente para assumir esse negócio ou não encontraram o apoio necessário da indústria e de parceiros para tal transformação.

É importante aproveitar o fluxo de consumidores nas lojas para serem oferecidos serviços de alimentação com a qualidade requerida pelo cliente.

Enfim, usar a potencialidade disponível de consumo e fornecimento, redesenhar o business e envolver stakeholders pode ser um salto para a relação entre supermercados e seus consumidores.

Visite nossa loja:

Ebook: Repositor de Loja

Deixe uma resposta